quinta-feira, 30 de junho de 2011

Faleceu o Pe. Stefano Gobbi, Fundador do Movimento Sacerdotal Mariano


  O conhecido sacerdote Padre Stefano Gobbi faleceu ontem, 29 de junho de 2011. Segundo o site Spirit Daily “a morte foi confirmada oficialmente”. O famoso padre faleceu às 15 horas locais em Collavalenza, Itália. Padre Gobbi havia sofrido um ataque cardíaco em 19 de junho de 2011, festa da Santíssima Trindade, e foi levado de imediato a um hospital local, onde foi entubado e colocado em estado de coma induzido. A entubação foi removida ontem, 29 de julho de 2011, às 12 horas, e o Padre Gobbi faleceu às 15 horas.

Homilia do Papa Bento XVI, por ocasião dos seus 60 anos de Ordenação Sacerdotal


Amados irmãos e irmãs!
  «Non iam servos, sed amicos» - «Já não vos chamo servos, mas amigos» (cf. Jo 15, 15). Passados sessenta anos da minha Ordenação Sacerdotal, sinto ainda ressoar no meu íntimo estas palavras de Jesus, que o nosso grande Arcebispo, o Cardeal Faulhaber, com voz um pouco débil já mas firme, nos dirigiu, a nós novos sacerdotes, no final da cerimônia da Ordenação. Segundo o ordenamento litúrgico daquele tempo, esta proclamação significava então a explícita concessão aos novos sacerdotes do mandato de perdoar os pecados. «Já não sois servos, mas amigos»: eu sabia e sentia que esta não era, naquele momento, apenas uma frase «de cerimônia»; e que era mais do que uma mera citação da Sagrada Escritura. Estava certo disto: neste momento, Ele mesmo, o Senhor, di-la a mim de modo muito pessoal.

O primeiro twitter de um Papa


O Papa Bento XVI enviou na terça-feira passada (28/06) uma mensagem pelo Twitter para anunciar a publicação do novo portal informativo da Santa Sé, o News.va“Queridos amigos, acabo de lançar News.va. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Com minhas orações e bênçãos, Benedictus XVI", tuitou o bispo de Roma naquela tarde num ipad 2. Ainda que o perfil Vatican-news no Twitter exista há algum tempo, esta foi a primeira mensagem assinada pelo Papa.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Salve, Santo Padre! Viva Bento XVI!

  Hoje o Santo Padre, o Papa Bento XVI completa 60 anos de Ordenação Sacerdotal. Com alegria saudamos o Romano Pontífice e reafirmamos nossa reverência e obediência ao Sucessor de São Pedro.
  Para esta ocasião, o próprio Papa confeccionou uma oração; rezemos por ele e com ele:
“Senhor,
Te damos graças
porque abriu Teu coração para nós,
porque em Tua morte e em tua ressurreição
se converteu em fonte de vida
Faça que sejamos pessoas viventes,
viventes de Tua fonte
e nos dê o poder de sermos nós também fontes,
capazes de dar a este nosso tempo
água de vida.
Te damos graças
pela graça do ministério sacerdotal
Senhor, abençoamos
e abençoe a todos os homens deste tempo
que estão sedentos e à procura. Amém”.
  Há no site do Vaticano uma homenagem bem bonita para o Santo Padre. Clique no link e acompanhe:

Hoje é dia de São Pedro e São Paulo

São Pedro Apóstolo

  Inicialmente um pobre pescador da Galiléia nascido em Betsaida, às margens do rio Jordão, junto ao lago de Genesaré, que se tornou discípulo de Jesus, conhecido como o Príncipe dos Apóstolos e, segundo a tradição, fundador da Igreja Cristã em Roma. Posto à frente da Igreja pelo próprio Cristo, São Pedro é o primeiro Papa (pai espiritual de todos os católicos).

Imposição do pálio a novos Arcebispos


O pálio é um ornamento de lã branca com seis cruzes negras, que é colocado sobre os ombros e tem duas bandas que caem sobre o peito e as costas. Levam-no o Papa e os arcebispos metropolitanos. É um símbolo de autoridade e manifesta a estreita união com o romano pontífice. Os pálios são confeccionados com a lã dos cordeiros abençoados pelo Papa na festa de Santa Inês.

Há 10 anos eu era ordenado... 10 razões porque sou padre.

  Há 10 anos, na Igreja de Nossa Senhora do Sagrado Coração, mais conhecida como "Santuário das Almas", juntamente com o Pe. Claudio Lima, eu era ordenado padre da Igreja Católica. Foi uma emoção sem igual! A alegria da minha Primeira Comunhão e a alegria da minha Crisma voltou ao meu coração de maneira especialíssima no dia da Ordenação Sacerdotal. Foi também o dia em que mais me senti pequeno frente ao Mistério de Deus. À hora do canto da Ladainha, não apenas meu corpo se prostrava, mas também minha alma e todo o meu ser, sem forças para resistir "Àquele que primeiro me amou".

terça-feira, 28 de junho de 2011

O dia mais feliz para Joseph Ratzinger


  No próximo dia 29 de junho, Bento XVI recordará os 60 anos do “momento mais importante da minha vida” - segundo ele mesmo descreve -, sua ordenação sacerdotal, recebida da catedral de Frisinga, perto de Munique. Ele recebeu o sacramento junto ao seu irmão mais velho, Georg, das mãos do cardeal Michael von Faulhaber, conhecido como grande opositor do nazismo. “Adsum”, “estou aqui”, foram as palavras que pronunciou em latim, diante de Deus e do povo, o jovem Joseph Ratzinger, aos 24 anos.

Aniversário Sacerdotal do Padre Helcimar Sardinha

  Amanhã, dia 29 de Junho, estarei celebrando Missas de Ação de Graças pelos meus 10 anos de vida sacerdotal. A primeira será na Paróquia São Judas Tadeu, em Icaraí, às 11h, juntamente com o Pe. Claudio Lima, onde iniciamos nosso ministério. Eu e o Pe. Claudio fomos ordenados juntos e designados por Dom Carlos Alberto para trabalharmos na Cúria e também cooperar na São Judas Tadeu. Mais tarde, ambos foram provisionados, em tempos diferentes, para o ofício de vigário nesta Paróquia para ajudar ao Pároco, Pe. Carmine Pascale. A segunda Missa será em minha Paróquia, de Nossa Senhora da Conceição e Santa Isabel, dentro das comemorações da "Rainha de Portugal". O Santo Sacrifício será às 19h30mim e logo após teremos uma confraternização. Convido a todos os amigos e paroquianos a partilhar comigo desta grande alegria! Peço a todos, de maneira especial, orações por mim neste bem-aventurado dia!

domingo, 26 de junho de 2011

Homilia do 13° Domingo do Tempo Comum


 O amor de Deus é um bem tão precioso, que se deve levar um tempo necessário para maturá-lo e fazê-lo produzir seus frutos. Ele passa por pequenos e grandes gestos que definem um amor autêntico e duradouro. Somente na ótica desse amor, é que iremos viver de maneira plena e feliz.

sábado, 25 de junho de 2011

Novena de Santa Isabel

   Inicia hoje, em nossa Matriz, a novena de nossa co-Padroeira, que dá nome ao nosso bairro: Santa Isabel. Com vasta programação, a Festa desse ano aposta novamente na preparação cuidadosa e digna da Santa Liturgia diária aliada às comemorações temáticas, com músicas, comidas e bebidas típicas.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Hoje é dia do Glorioso São João Batista, Precursor do Messias


São João Batista nasceu em Junho, precisamente no dia 24 de Junho. Em um cenário tão controverso, surge um homem simples, amigo do deserto, e com uma importantíssima missão: preparar o caminho para a chegada do Messias.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Solenidade de Corpus Christi


  Muito significativa foi a procissão que fizemos antes de chegar aqui; a procissão simboliza a caminhada do povo para a nova Terra Prometida, o Céu. Hoje, fizemos nossa caminhada tendo Jesus como companheiro e chegamos à nossa Matriz também para adorar a Jesus; é assim que nossa vida vai dá certo: tendo Jesus sempre à frente, ora ao lado, ora atrás e terminando tudo em Deus. Nosso Deus se importa conosco. Por amor se entrega. O mistério da Última Ceia se une ao da Cruz: a promessa de amar e de entregar a própria vida feita na Ceia foi ratificada na Cruz; ele não voltou atrás na sua promessa, não mudou de idéia em seu querer, mas no Calvário reafirmou seu amor único.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Semana Eucarística: A História da origem da Solenidade de Corpus Christi

  No final do século XIII surgiu em Lieja, Bélgica, um Movimento Eucarístico cujo centro foi a Abadia de Cornillon, fundada em 1124 pelo Bispo Albero. Este movimento deu origem a vários costumes eucarísticos, como por exemplo a Exposição e Bênção do Santíssimo Sacramento, o uso dos sinos durante sua elevação na Missa e a festa do Corpus Christi.

Abaixo-assinado pela aprovação do Estatuto do Nascituro


  Recebi a notícia da tramitação do "Estatuto do Nascituro", isto é, dos que estão para nascer. Este documento custodiará o direito à vida desde o ventre da mãe. Esta iniciativa deve ser  acolhida por todos e divulgada. Afinal, se queremos um Brasil  sem aborto, sem mais assassinatos de inocentes, deveremos "arregaçar as mangas" e trabalhar para isto.
  Mesmo aqueles que não têm acesso à petição pela rede podem participar. Peça para assinarem uma lista com os dados necessários e entregarem em nossa secretaria paroquial, que remeteremos à Câmara dos Deputados ou então pegue os dados da pessoa e faça você, por ela, o preenchimento pela internet.
  Abraços a todos e vamos lutar pela vida! Sempre! É só clicar no link abaixo e preencher o que se pede:

Semana Eucarística: Os frutos da Comunhão Eucarística



1391 A comunhão aumenta a nossa união com Cristo. Receber a Eucaristia na comunhão traz como fruto principal a união intima o com Cristo Jesus. Pois o Senhor diz: “Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue permanece em mim e eu nele” (Jo 6,56). A vida em Cristo tem seu fundamento no banquete eucarístico: “Assim como o Pai, que vive, me enviou e eu vivo pelo Pai, também aquele que de mim se alimenta viverá por mim” (Jo 6,57).
Quando nas festas do Senhor os fiéis recebem o Corpo do Filho, proclamam uns aos outros a Boa Nova de que é dado o penhor da vida, como quando o anjo disse a Maria de Mágdala: “Cristo ressuscitou!”. Eis que agora também a vida e a ressurreição são conferidas àquele que recebe o Cristo.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Semana Eucarística: Comentários teológico-canônicos acerca do Sacramento da Eucaristia - parte 2


O jejum eucarístico é uma das instituições eclesiásticas observadas com maior rigor desde os primeiros séculos na Igreja. Quem houvesse de comungar não podia comer nem beber coisa alguma desde a meia noite. Essa disciplina desde os tempos de Pio XII até hoje vem mais e mais mitigada, em atenção à vida agitada do mundo moderno. De momento, a água natural não quebra o jejum, e até uma hora antes de comungar pode-se comer ou beber qualquer coisa; e para alguns basta o jejum de 15 minutos, se estiver doente.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Semana Eucarística: Comentários teológico-canônicos acerca do Sacramento da Eucaristia - parte 1


O que é o Sacramento da Eucaristia?
É o mesmo Jesus real, verdadeiro e substancialmente presente sob as espécies de pão e vinho, que se oferece e é consumido.
Na Eucaristia distinguimos duas ações de Jesus:
a) O seu oferecimento ao Pai, a imolação, e a comunhão, na Missa;
b) A sua permanência no sacrário sob as aparências de pão e de vinho, para ser adorado e recebido em comunhão.

domingo, 19 de junho de 2011

Solenidade da Santíssima Trindade


  A Solenidade que hoje celebramos não é uma oportunidade para a esclarecer o mistério da Trindade; não é uma presunção de abarcar este Mistério tão grande e tão belo, mas é um convite a contemplar o Deus que é amor, que é fonte de amor, que é comunidade e modelo de comunidade e que chamou aos homens para lhes dar a vida plena. Como alguém já disse: a Trindade é como o mar, não o podemos reter, mas podemos nele nos banhar. Assim, não poderemos compreender de todo este mistério de um Deus em Três Pessoas, mas poderemos entrar neste círculo de amor.

Semana Eucarística: Santíssima Trindade e Eucaristia


O pão descido do céu

  7. O primeiro conteúdo da fé eucarística é o próprio mistério de Deus, amor trinitário. No diálogo de Jesus com Nicodemos, encontramos uma afirmação esclarecedora a tal respeito: “Deus amou tanto o mundo que entregou o seu Filho Unigênito, para que todo o homem que acredita n'Ele não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus não enviou o Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por Ele” (Jo 3, 16-17). Estas palavras revelam a raiz última do dom de Deus. Na Eucaristia, Jesus não dá “alguma coisa”, mas dá-Se a Si mesmo; entrega o seu corpo e derrama o seu sangue. Deste modo dá a totalidade da sua própria vida, manifestando a fonte originária deste amor: Ele é o Filho eterno que o Pai entregou por nós. Noutro passo do evangelho, depois de Jesus ter saciado a multidão pela multiplicação dos pães e dos peixes, ouvimo-Lo dizer aos interlocutores que vieram atrás d'Ele até à sinagoga de Cafarnaum: “Meu Pai é que vos dá o verdadeiro pão que vem do céu. O pão de Deus é o que desce do céu para dar a vida ao mundo” (Jo 6, 32-33), acabando por identificar-Se Ele mesmo — a sua própria carne e o seu próprio sangue — com aquele pão: “Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que Eu hei-de dar é a minha carne que Eu darei pela vida do mundo” (Jo 6, 51). Assim Jesus manifesta-Se como o pão da vida que o Pai eterno dá aos homens.

sábado, 18 de junho de 2011

Semana Eucarística: Eucaristia, fonte e ápice da Vida e da Missão da Igreja


1. Sacramento da Caridade, a Santíssima Eucaristia é a doação que Jesus Cristo faz de Si mesmo, revelando-nos o amor infinito de Deus por cada homem. Neste sacramento admirável, manifesta-se o amor “maior”: o amor que leva a “dar a vida pelos amigos” (Jo 15, 13). De fato, Jesus “amou-os até ao fim” (Jo 13, 1). Com estas palavras, o evangelista introduz o gesto de infinita humildade que Ele realizou: na vigília da sua morte por nós na cruz, pôs uma toalha à cintura e lavou os pés aos seus discípulos. Do mesmo modo, no sacramento eucarístico, Jesus continua a amar-nos “até ao fim”, até ao dom do seu corpo e do seu sangue. Que enlevo se deve ter apoderado do coração dos discípulos à vista dos gestos e palavras do Senhor durante aquela Ceia! Que maravilha deve suscitar, também no nosso coração, o mistério eucarístico!

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Semana Eucarística: A Eucaristia é fonte de Amor


  É da Eucaristia que recebemos o motivo e a força para amar os irmãos; foi precisamente na última Ceia que Nosso Senhor demonstrou todo o seu amor e sua humildade. Todo o amor brota do amor infinito com que Cristo nos amou naquela primeira Páscoa. Ele nos mostrou que amor verdadeiro não pára no tempo, mas excede ao tempo! Isto é a Eucaristia! Deus que nos amou e continua a nos amar! Deus que entrou na nossa história e continua a perpassá-la! Sabemos: tudo o que existe e que não nos lança para Deus é caduco; tudo o que não se constrói n’Ele e por Ele está inacabado ou inexiste. Atrás de todas as coisas, deve haver um sentido profundo, assim como atrás das aparências de “pão” e de “vinho”, está o próprio Senhor que nos vê, que nos ouve, que nos atende.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Início da "Semana Eucarística"

             
                   Queridos amigos do blog "Scripta Manent",

  Na próxima semana, dia 23 de Junho, celebraremos com muita devoção e piedade a "Solenidade de Corpus Christi". Será, certamente, um momento maravilhoso para que nós, católicos, reavivemos a fé na Eucaristia e a nossa reverência a este Mistério tão grande e tão santo. Para comemorar este evento e preparar os corações dos fiéis para melhor vivenciar esta Festa, inicio hoje a "Semana Eucarística". Postarei, todos os dias, algum texto relativo à Eucaristia, seu conteúdo, sua celebração e sua vivência. 
  Não deixe de nos acompanhar nesta jornada espiritual! Conto com seus acessos e comentários! Participem! E, pra começar, partilho com vocês um trecho do início do "Catecismo da Santa Missa":

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Papa nomeia Bispos para Arquidiocese de Brasília e Prelazia de Coari


  Dom Sérgio da Rocha é o novo arcebispo da arquidiocese de Brasília, no Distrito Federal. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 15, pelo papa Bento XVI, que nomeou também o padre Marian Marek Piatek, conhecido como padre Marcos, bispo da prelazia de Coari, no estado do Amazonas, vacante desde julho de 2009.

Iraque: desânimo dos cristãos com a violência

   O assassinato de um cristão ortodoxo, pai de 4 filhos, ocorrido em 31 de maio em Mossul, aumentou a sensação de pessimismo entre os cristãos sobre a perspectiva de um futuro de paz no Iraque.
  O arcebispo caldeu Bashar Warda, de Erbil, no norte curdo do país, compartilhou suas impressões em uma entrevista concedida à associação caritativa católica Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), que assiste os cristãos perseguidos.

terça-feira, 14 de junho de 2011

A Bíblia e o frei

  O conhecido dicionário Aurélio é muito claro quando diz que Frei é substantivo masculino, é forma suprimida de freire, é utilizado para distinguir de freira, que é um substantivo feminino, usado para designar religiosa, monja, madre, professora. A mesma clareza aparece quando diz que a Bíblia é o conjunto dos livros sagrados do Antigo e do Novo Testamento, de importância capital, pelo qual se tem predileção incomum, interpretado há 2.000 anos por todos que pretendem desvelar o sentido mais exato de suas palavras e dos personagens nele presentes.
  A Bíblia e o frei é o título que encabeça este artigo sobre os juízos humanos acerca do homossexualismo e das uniões homoafetivas, mas não tem a mínima pretensão de responder a um outro artigo de um conhecido irmão religioso que goza de certo prestígio midiático.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Dia do Glorioso Santo Antônio


Fernando de Bulhões (verdadeiro nome de Santo Antônio), nasceu em Lisboa em 15 de agosto de 1195, numa família de posses. Aos 15 anos entrou para um convento agostiniano, primeiro em Lisboa e depois em Coimbra, onde provavelmente se ordenou. Em 1220 trocou o nome para Antônio e ingressou na Ordem Franciscana, na esperança de, a exemplo dos mártires, pregar aos sarracenos no Marrocos. Após um ano de catequese nesse país, teve de deixá-lo devido a uma enfermidade e seguiu para a Itália. Indicado professor de teologia pelo próprio são Francisco de Assis, lecionou nas universidades de Bolonha, Toulouse, Montpellier, Puy-en-Velay e Pádua, adquirindo grande renome como orador sacro no sul da França e na Itália. Ficaram célebres os sermões que proferiu em Forli, Provença, Languedoc e Paris. Em todos esses lugares suas prédicas encontravam forte eco popular, pois lhe eram atribuídos feitos prodigiosos, o que contribuía para o crescimento de sua fama de santidade.

Atacar a Igreja é rentável, mesmo sem fundamento


Talvez o anticatolicismo seja o último preconceito aceitável na sociedade atual, mas o escritor e jornalista canadense Michael Coren não acha que ele deva ser aceito tão facilmente. Em seu livro Why Catholics Are Right (Por que os católicos estão certos), publicado em inglês pela McClelland and Stewart e sem tradução em português até agora, ele analisa as críticas mais comuns contra a Igreja. Coren, de família laica e filho de pai judeu, tornou-se católico depois dos vinte anos de idade. Ser judeu o ajudou na carreira, mas, como ele conta na introdução do livro, a fé católica lhe causou a perda de dois postos de trabalho e muitas portas fechadas nos meios de comunicação.

domingo, 12 de junho de 2011

Dia dos namorados: As sem-razões do Amor

  Neste dia dos Namorados, queremos acolher, abraçar e abençoar todos os namorados cristãos. Que esta semana de formação pra vocês tenha trazido luz e maturidade ao relacionamento. Que Deus os ajude a descobrirem o verdadeiro amor e a chegarem castamente ao Matrimônio! Como presente, deixo-lhes um poema de amor - palavras de bem querer a quem se gosta:

Novena de São João Batista

  Queridos paroquianos e amigos do Blog "Scripta Manent", tenho a alegria de convidar a todos para os festejos em honra a São João Batista, Padroeiro da nossa Capela do Bairro Dona Ieda (Cafuca). A programação está aqui. É só clicar na figura para melhor visualização. Um abraço a todos e vamos nos ver na Festa!

Solenidade de Pentecostes


  Celebramos hoje, com muita alegria, a Solenidade de Pentecostes. Dia em que a Igreja foi apresentada ao mundo, como esposa de Cristo, Templo do Espírito, querida pelo Pai. Para entendermos melhor esta Celebração, é bom conhecermos sua origem lá no Antigo Testamento. Inicialmente a Festa de Pentecostes era chamada “Festa da Colheita” (Ex 23,16). Ela se caracterizava como uma festa agrícola, celebrada sete semanas após o início das colheitas. Nesta festa, realizada nas casas das famílias, as pessoas reconheciam Deus como fonte de chuva e de fertilidade da agricultura e lhe ofereciam os primeiros frutos da terra. Era um dia muito alegre, de partilha de dons e de ação de graças. Mais tarde a celebração passou a ser a “Festa da renovação da Aliança” de Deus com o povo (Dt 16,9-12) e passou a ser celebrada no Templo. No período da dominação grega, a partir do século III a.C., esta festa recebeu o nome de “Pentecostes”, isto é, cinquenta dias.

sábado, 11 de junho de 2011

Semana dos Namorados: Namorar pra quê? Pra descobrir o valor do sexo dentro do Matrimônio

  Olá, queridos! Nesta semana pudemos meditar diversos temas do namoro. Hoje estamos terminando nosso caminho de reflexão. Espero que tenham gostado e aproveitado o que partilhamos. Hoje quero compartilhar com vocês um vídeo feito por jovens da Espanha em preparação à Jornada Mundial da Juventude, que será em Agosto, em Madri. Nele, vários jovens falam sobre o valor do sexo e como a Igreja o entende. Vale a pena!
  Para ver a tradução, basta deslizar o mouse sobre a seta pra cima, encontrar o ícone "CC" e selecionar as legendas em português. Bom vídeo e bom proveito!
  Com uma bênção especial para todos os namorados!


Vigília de Pentecostes: Ladainha do Espírito Santo


Senhor, tende compaixão de nós.
Jesus Cristo, tende compaixão de nós.
Senhor, tende compaixão de nós.
Pai onipotente e eterno, tende compaixão de nós.
Jesus, Filho eterno do Pai e Redentor do mundo, salvai-nos.
Espírito do Pai e do Filho, amor eterno de um e de outro, santificai-nos.
Trindade santa, que procedeis do Pai e do Filho, vinde a nós.
Divino Espírito, igual ao Pai e ao Filho, vinde a nós.
A mais terna e generosa promessa do Pai, vinde a nós.
Dom de Deus altíssimo, vinde a nós.
Raio de luz celeste , vinde a nós.
Autor de todo bem, vinde a nós.
Fonte de água viva, vinde a nós.
Fogo consumidor, vinde a nós.
Unção espiritual, vinde a nós.
Espírito de amor e verdade, vinde a nós.
Espírito de sabedoria e inteligência, vinde a nós.
Espírito de conselho e fortaleza, vinde a nós.
Espírito de ciência e piedade, vinde a nós.
Espírito de temor ao Senhor, vinde a nós.
Espírito de graça e oração, vinde a nós.
Espírito de paz e doçura, vinde a nós.
Espírito de modéstia e pureza, vinde a nós.
Espírito consolador, vinde a nós.
Espírito santificador, vinde a nós.
Espírito que governais a Igreja, vinde a nós.
Vinde renovar a face da terra.
Derramai a Vossa luz no nosso espírito.
Gravai a Vossa lei no nosso coração.
Abrasai o nosso coração no fogo do Vosso amor.
Abri-nos o tesouro das Vossas graças.
Ensinai-nos como quereis que a peçamos.
Iluminai-nos pelas Vossas celestes inspirações.
Concedei-nos a ciência que é a única necessária.
Formai-nos na prática do bem.
Dai-nos os merecimentos das Vossas virtudes.
Fazei-nos perseverar na justiça.
Sede Vós a recompensa eterna.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, enviai-nos o divino Consolador.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, mandai-nos o Espírito prometido do Pai.
Cordeiro de Deus, que tirai o pecado do mundo, dai-nos o Espírito bom.
Espírito Santo, ouvi-nos. Espírito Consolador, atendei-nos.
V. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado, R. E renovareis a face da terra.

Oremos:
Deus nosso Pai, que instruístes os corações dos vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, concedei-nos que no mesmo Espírito conheçamos o que é reto, e gozemos sempre das suas consolações. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.

Novena de Pentecostes - 9° Dia: Os Símbolos do Espírito Santo


694. A água. O simbolismo da água é significativo da ação do Espírito Santo no Batismo, pois que, após a invocação do Espírito Santo, ela torna-se o sinal sacramental eficaz do novo nascimento. Do mesmo modo que a gestação do nosso primeiro nascimento se operou na água, assim a água batismal significa realmente que o nosso nascimento para a vida divina nos é dado no Espírito Santo. Mas, “batizados num só Espírito”, “a todos nos foi dado beber de um único Espírito” (1 Cor 12, 13): portanto, o Espírito é também pessoalmente a Água viva que brota de Cristo crucificado como da sua fonte, e jorra em nós para a vida eterna.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Semana dos Namorados: Namorar pra quê? Pra preparar melhor o casamento


  O namoro é tempo de conhecimento, uma preparação para o casamento, é o tempo de ver o oculto do próximo e mostrar todos os defeitos e qualidades. É tempo de amizade e sonhos, de desafios, de conquista diária, é tempo de ter certeza daquele ou daquela que será metade de você pra vida inteira. É fácil perceber quando uma pessoa é certa pra você, se após um período do namoro vocês não possuem sonhos juntos e não planejam passarem juntos uma vida inteira, vale a pena repensar o sentido do compromisso de vocês. “Já ouvi alguém dizer, erradamente, que “o casamento é um tiro no escuro”; isto é, não se sabe onde vai acertar; não se sabe se vai dar certo. Isto acontece quando não há preparação para a união definitiva, quando não se leva a sério o amor pelo outro. Se o seu namoro for sério, seu casamento não será  um tiro no escuro, e nem uma roleta da sorte. O seu casamento vai começar num namoro. Por isso, não brinque com ele”.

Novena de Pentecostes - 8° Dia: A teologia do Espírito Santo


CREIO NO ESPÍRITO SANTO
683. “Ninguém pode dizer "Jesus é o Senhor" a não ser pela ação do Espírito Santo»”(1Cor 12, 3). “Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: "Abbá! Pai!'» (Gl 4, 6). Este conhecimento da fé só é possível no Espírito Santo. Para estar em contacto com Cristo, é preciso primeiro ter sido tocado pelo Espírito Santo. É Ele que nos precede e suscita em nós a fé. Em virtude do nosso Batismo, primeiro sacramento da fé, a Vida, que tem a sua fonte no Pai e nos é oferecida no Filho, é-nos comunicada, íntima e pessoalmente, pelo Espírito Santo na Igreja: O Batismo “dá-nos a graça do novo nascimento em Deus Pai, por meio do Filho no Espírito Santo. Porque aqueles que têm o Espírito de Deus são conduzidos ao Verbo, isto é, ao Filho: mas o Filho apresenta-os ao Pai, e o Pai dá-lhes a incorruptibilidade. Portanto, sem o Espírito não é possível ver o Filho de Deus, e sem o Filho ninguém tem acesso ao Pai, porque o conhecimento do Pai é o Filho, e o conhecimento do Filho de Deus faz-se pelo Espírito Santo”.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Grande dia para nossa Nação: Hoje é dia do Beato José de Anchieta, Apóstolo do Brasil


  Nasceu José de Anchieta em San Cristobal de La Laguna, Ilha de Tenerife, uma das ilhas Canárias, da Espanha, em 19 de março de 1534. Depois de estudar um pouco de latim na sua terra, foi para Coimbra, no Colégio dos jesuítas, onde se tornou um dos melhores alunos e aprendeu a falar tão bem o português que parecia ser sua língua materna. Entrou para a Companhia de Jesus aos 17 anos, e por razão de uma grave enfermidade, não pode estudar Filosofia. Não se sabe ao certo que doença seria essa, talvez um acidente que produziu um deslocamento ou fratura da espinha dorsal; fato é que essa enfermidade o acompanharia por toda a vida, e seria o motivo principal da sua vinda para o Brasil, na esperança de cura. Aqui conseguiu melhorar muito e pode realizar seu apostolado. Abençoada doença! Nas nossas mãos ela teria se tornado fonte de lamúrias, nas mãos de Anchieta se tornaram uma chuva de bênçãos para o Brasil!

Semana dos Namorados: Namorar pra quê? Pra descobrir juntos o valor da castidade


  Se o amor físico fosse da ordem da técnica, uma experiência preliminar seria imprescindível. Mas não é nada disso: o sucesso sexual depende em primeiro lugar da qualidade do amor e da relação. É urgente aprender a amar, e não a "fazer amor". Longe de preparar o amor enquanto dom, as relações sexuais antes do casamento podem pelo contrário ser fonte de feridas para um e para o outro.

Novena de Pentecostes - 7° Dia: Peçamos sempre os Dons do Espírito Santo


Peçamos ao Espírito Santo de Deus que derrame em nossos corações os seus dons.

 Ó, Espírito Santo, concedei-nos o dom do Temor de Deus para que sempre nos lembremos com reverência e profundo respeito da vossa divina presença e procuremos jamais vos ofender.
 Ave-Maria...

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Nosso Bispo Auxiliar é nomeado Bispo de Campos


Nomeados novos bispos para as dioceses de Campos e Barra do Piraí-Volta Redonda

  O papa Bento XVI aceitou, nesta quarta-feira, 8, o pedido de renúncia dos bispos dom Roberto Gomes Guimarães, 75, da diocese de Campos (RJ), e dom João Maria Messi, 76, da diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda. A renúncia de ambos tem como base o cânon 401 § 1º, que prescreve o pedido da renúncia do bispo ao completar 75 anos.
Para a diocese de Campos, o papa nomeou o bispo auxiliar da arquidiocese de Niterói (RJ), dom Roberto Francisco Ferreira Paz. Para Barra do Piraí-Volta Redonda, foi nomeado dom Francesco Biasin, transferido da diocese de Pesqueira (PE).

Na audiência de hoje, Papa comenta sua viagem à Croácia


Queridos irmãos e irmãs,
  Hoje gostaria de comentar brevemente a minha Visita Pastoral à Croácia, realizada no sábado e domingo passados, tendo como lema “juntos em Cristo”. O motivo principal da visita era a Primeira Jornada Nacional das famílias católicas croatas, cujo ponto culminante foi a celebração eucarística dominical, no hipódromo de Zagreb. Vivida no contexto da novena de Pentecostes, o clima espiritual se assemelhava a um grande cenáculo, com as famílias invocando juntas o dom do Espírito Santo. No dia anterior, ao entardecer, houve uma vigília com os jovens. Propus-lhes a pergunta que Jesus fez aos seus primeiros discípulos: “Que procurais?”, lembrando-lhes que a alegria da fé é descobrir que Deus é o primeiro a amar-nos. Outros dois momentos importantes da minha visita foram a celebração das vésperas na Catedral, com os bispos, sacerdotes, religiosos, seminaristas e noviços, e o Encontro no Teatro Nacional de Zagreb com expoentes ilustres da sociedade civil e religiosa, aos quais, falando da grande tradição cultural croata, recordei a profunda vocação da Europa de zelar e renovar um humanismo que possui raízes cristãs.
                                                                                * * *
  Amados peregrinos de língua portuguesa, sede bem-vindos! A todos saúdo com grande afeto e alegria, de modo especial a quantos vieram de Portugal e do Brasil com o desejo de encontrar o Sucessor de Pedro. Desça a minha bênção sobre vós, vossas famílias e comunidades. Ide em paz!

Semana dos Namorados: Namorar pra quê? Pra planejar uma vida comum


  Quando alguém se apaixona, lança-se num momento de poesia e sonho e isso é lindo! No entanto, para que a paixão vire amor e este permaneça para além do “frisson” inicial do encontro será necessário traçar metas concretas; namoros que se prolongam sem fundamentos e sem ideais comuns tendem, a longo, mostrarem conseqüências danosas evidentes. Quando há falha na base fundamental do casamento, isto é, quando falta um projeto comum, temos apenas critérios pessoais, a vontade de um e de outro e brigas, muitas brigas...

Novena de Pentecostes - 6° Dia: Veni Sancte Spiritus


  Veni Sancte Spiritus, também chamada de “Sequência de Pentecostes”, é a sequência prescrita para a Missa de Pentecostes na liturgia romana. É atribuída ao Papa Inocêncio III ou ao Arcebispo de Canterbury Estêvão Langton (Stephen Langton), que a teria composto por volta de 1200. Veni Sancte Spiritus é uma das quatro Sequências medievais que foram preservadas no Missal Romano publicado em 1570, fruto do Concílio de Trento (1545-63)
    Acesse o link abaixo e escute esta bela peça do Canto Gregoriano em honra ao Divino Espírito Santo.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Semana dos Namorados: Namorar pra quê? Pra melhor conhecer a mim e ao outro

  O namoro é o tempo oportuno para não apenas conhecer a quem se gosta, mas conhecer-se a si mesmo. Para haver uma relação estável tanto no presente quanto no futuro será preciso equilíbrio psicológico, maturidade afetiva, domínio de si e consciência moral ou religiosa. O equilíbrio psíquico vem de uma personalidade bem estruturada, a maturidade vem de sentimentos claros e expressos, o domínio de si vem do esforço regular e diário de uma vida sadia e a consciência moral ou religiosa vem pela família, pela Igreja e por outras boas instituições.

Novena de Pentecostes - 5° Dia: Pentecostes, efusão do Espírito Santo


  “Consumada a obra que o Pai tinha confiado ao Filho sobre a terra”(cf. Jo 17, 4), no dia do Pentecostes foi enviado o Espírito Santo para santificar continuamente a Igreja, e, assim, os que viessem a acreditar tivessem, mediante Cristo, acesso ao Pai num só Espírito (cf. Ef 2, 18). Este é o Espírito da vida, a fonte de água que jorra para a vida eterna (cf. Jo 4, 14; 7, 38-39); é Aquele por meio do qual o Pai dá novamente a vida aos homens, mortos pelo pecado, até que um dia ressuscite em Cristo os seus corpos mortais (cf.Rm 8, 10-11).

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Semana dos Namorados: Namorar pra quê? Pra saber o que é o amor humano


  É incrível! Como viver sem ser amado? E sem amar? Mas cuidado com os enganos. O reflexo não é a luz, o espelho não é a face. A mulher da minha vida não é a mulher de um só instante. Contentar-se com pouco no amor, é não conhecer o amor.
  Entre as muitas formas de amar, há a amizade, o amor dos pais pelos filhos, o amor que conduz ao sacrifício por alguém. O amor exclusivo de uma mulher e de um homem que se unem pelo matrimônio. O amor que nos surpreende para o bem de uma causa grandiosa.

Novena de Pentecostes - 4° Dia: O Espírito Santo habita em nós


1. ...“É esta uma consoladora verdade expressa no Evangelho (cf. Mt 10,20), e confirmada pelo Apóstolo Paulo quando escreve aos Coríntios: “Não sabeis que o Espírito Santo habita em vós?  E não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo?”  cf. ICor 6-19).
É também por isso, que a Igreja Católica se alegra em chamar o Divino Espírito de “Doce Hóspede da Alma”.  Hóspede que a reveste da graça santificante, que irriga da divina luz, que a faz capaz de obras merecedoras da vida eterna.

domingo, 5 de junho de 2011

Semana dos Namorados: Namorar pra quê? Pra saber se há uma pessoa "feita pra mim"


  É ao mesmo tempo um sonho e uma inquietação... A pessoa que encontrei será mesmo feita para mim? Aquela com quem sonho existirá? E se sim, como a reconhecer?
  Estas questões são quase inevitáveis: quanto mais conhecemos o outro, mais descobrimos as suas qualidades, mas também os seus defeitos. Reparamos também que o compromisso reveste um caráter absoluto, definitivo.
E se tivesse me enganado? E se não fosse ela ou ele? E se a paixão nos cegasse e se uma vez casados nos déssemos conta que tínhamo-nos enganado?

Solenidade da Ascensão do Senhor

  Aquele que aceitou o sacrifício, que padeceu sofrimentos sem par e que morreu por amor, hoje se eleva ao Céu; porque se fez Servo, o Pai o elevou como Senhor de tudo e de todos. Como ouvimos no Santo Evangelho, toda a autoridade, no Céu e na Terra foi-lhe dada; Ele é a Cabeça do Corpo, que é a Igreja, que se eleva elevando-nos!

  Nesta Solenidade da Ascensão, festejamos a humildade da nossa natureza que foi exaltada em Jesus Cristo. A “saudade” que o Senhor teria de nós é logo dissipada, pois leva junto de Si, melhor, em Si, a nossa humanidade.

Hoje é Dia Mundial das Comunicações Sociais


  Com o tema "Verdade, anúncio e autenticidade de vida, na era digital", o Papa Bento XVI nos entrega mais uma de suas belas e inspiradas Mensagens. Nesta, o Santo Padre nos fala da grande importância e influência  que tem a internet na vida do mundo atual, mas também que a Verdade do Evangelho não pode ser diminuída nem esvaziada pelas diversas informações.
  O Papa convocou os cristãos usuários da rede, a buscarem uma "criatividade consciente e responsável" em seu uso. Aos jovens, sobretudo, o Santo Padre pediu que fizessem um "bom uso" de tal ferramenta neste verdadeiro "areópago digital".

Novena de Pentecostes - 3° Dia: Três Presentes do Espírito



   Docilidade, em primeiro lugar, porque o Espírito Santo é quem, com suas inspirações, vai dando um tom sobrenatural aos nossos pensamentos, desejos e obras. Da carne, esperamos só fraqueza e indigência; do espírito, unido ao Espírito Santo, teremos força e poder! É ele quem nos impulsiona a aderirmos à doutrina de Cristo e a assimilá-la com profundidade. Quem nos dá luz para tomar consciência de nossa vocação pessoal e força para realizar tudo o que Deus espera; se somos dóceis ao Espírito Santo, a imagem de Cristo irá se formando cada vez mais em nós e iremos assim, nos aproximando cada dia mais de Deus Pai.